ptenfrdeitrues

Policia morto no atentado de Trèbes, era maçom da Grande Loja De França.

29542677_1554599591304421_7473288337618499622_n 2.jpg

Arnaud Beltrame, o tenente coronel da policia francesa que estava no supermercado Super U, em Trèbes, no sul de França, quando foi sequestrado com outros clientes e empregados por um terrorista, na passada sexta-feira, 23 de março 2018.

Corajosamente preferiu continuar como refém, trocando por outras pessoas que foram sendo libertadas. 

Durante o sequestro, manteve o contacto com as Forças Especiais da Policia, dando informações precisas, para a intervenção policial. 

Foi assassinado pelo terrorista quando decorreu a operação policial.

Arnaud Beltrame, era maçom, membro da Loja Jérôme Bonaparte, de Rueil-Nanterre, da Grande Loja De França. 

A Grande Loja De França prestou homenagem a este membro, salientando: “ partiu como um herói, provando ter um grande sentido de dever e de sacrifício. Este acto de bravura e o seu patriotismo permitiram salvar vidas e recordou que nunca se deve vergar perante a barbárie. Os pensamentos de todos membros da GLDF acompanham a sua família neste momento de grande tristeza.

A GLDF saúda os representantes das forças da ordem da República francesa, que combatem todas as formas de ostracismo, xenofobia e terrorismo.”

A Maçonaria Universal está de luto, pela partida deste membro da maçonaria francesa.