ptenfrdeitrues

Prancha 30

Simbólica maçónica existente no Cemitério dos Prazeres, Lisboa

Este artigo pretende ilustrar algumas das mais marcadas tendências do Portugal oitocentista através da análise da simbologia maçónica patente nos túmulos do Cemitério dos Prazeres

O século XIX assistiu a profundas revoluções na história das mentalidades. Estas subsistiram até aos dias de hoje gravadas e esculpidas em monumentos tumulares pertencentes às grandes necrópoles nas periferias das cidades. Os livros de registo dos cemitérios e os jazigos são perfeitos testemunhos das novas sensibilidades e preocupações que se começavam a afirmar no seio da sociedade.

 

RODRIGUES, Dânia – A Simbólica maçónica existente no Cemitério dos Prazeres enquanto indicadora de novas sensibilidades perante a morte. Sapiens: História, Património e Arqueologia.

Fonte:  SAPIENS - Revista de História, Património e Arqueologia, n.o 1, 2009

Versão em PDF