ptenfrdeitrues

António Reis, Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano, foi eleito no dia 21 de Maio, em Estrasburgo, Presidente do CLIPSAS

 

António Reis, Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano, foi eleito no dia 21 de Maio, em Estrasburgo, Presidente do CLIPSAS por unanimidade e aclamação durante a Assembleia Geral desta organização maçónica.

 

 

António ReisForam eleitos Vice-Presidentes: o antigo Grão-Mestre do Grande Oriente da Bélgica, Bertrand Fondu, o Grão-Mestre Adjunto da Grande Loja de Itália, Marco Galeazzi, e o antigo Grão-Mestre da Grande Loja de Língua Espanhola dos EUA, René Molina. Foi ainda eleito Presidente Honorário o Ilustre Irmão Marc-Antoine Cauchie, do Grande Oriente do Luxemburgo, que terminou agora as suas funções executivas.

O CLIPSAS, foi criado em 1961, em Estrasburgo, reúne as grandes Obediências da Europa como o Grande Oriente de França e o Grande Oriente da Bélgica, Nesta Assembleia Geral foram admitidas mais Obediências: a Grande Loja da Bélgica, a Federação Belga de Lojas-Lithos, a Grande Loja Liberal da Áustria, o Grande Oriente da Catalunha, a Grande Loja Unida do Líbano e a Grande Loja Oriental do Peru.

Actualmente o CLIPSAS reúne 71 Obediências, de 41 países, o que responde a cerca de 100 000 maçons trabalhando em vários continentes. O objectivo do CLIPSAS é reunir os maçons de todo o mundo que recusam o dogmatismo e que reivindicam a absoluta liberdade de consciência.

A próxima Assembleia Geral do CLIPSAS em 2012, realizar-se-á em Marrocos e o tema a debater será “Os Jovens e a Maçonaria”